O cão havanês e a ansiedade de separação: Respostas do veterinário

Pergunta do dono do cão

"Olá! A nossa cadelinha Havanese, chamada Bella, é uma verdadeira fonte de alegria para a nossa família. No entanto, devido aos meus compromissos profissionais, muitas vezes tenho de a deixar sozinha em casa e quando chego a casa, a minha cadela está extremamente inquieta.

Parte móveis, ladra constantemente e parece estar muito nervosa durante todo o dia. Como é que o posso ajudar com a ansiedade de separação?"

Resposta do veterinário

"Oi! Os cachorros Havanese são conhecidos por serem extremamente afectuosos com os donos, e isso por vezes manifesta-se na ansiedade de separação.

Agradeço o facto de reconhecer o problema da Bella e querer ajudá-la!

A sua primeira prioridade é tentar aprender o máximo que puder sobre a ansiedade de separação. Esta condição pode ser muito grave e, muitas vezes, tem efeitos negativos a longo prazo para o cão, tanto a nível físico como emocional.

A chave para lidar com a ansiedade de separação é a paciência e a consistência.

Um método é a dessensibilização, o que significa habituar a Bella a estar longe de si, deixando-a sozinha por curtos períodos de tempo no início e, em seguida, aumentando gradualmente a quantidade de tempo que ela está sozinha.

Tente não a deixar sozinha durante muito tempo e, quando sair, tente não fazer muito barulho!

O outro método é o emprego.

Tente encontrar brinquedos que mantenham a Bella ocupada enquanto está fora. Os brinquedos mentalmente estimulantes, como os brinquedos para cães que explodem a mente, são óptimos para manter o cão ocupado e ajudam a reduzir a ansiedade.

Um terceiro método é a terapia comportamental, que pode ser necessária em casos mais graves.

Um terapeuta comportamental pode ajudar com a ansiedade de separação, pois pode ensinar à Bella que estar sozinha não é uma coisa má.

>>  O collie barbudo e o consumo de energia: como gerir o excesso de atividade?

Se estes métodos não funcionarem, existem também medicamentos que podem ajudar na ansiedade de separação.

Consulte sempre o seu veterinário antes de seguir este caminho. Nunca dê medicamentos ao seu cão sem o conselho de um profissional!

Lembre-se, o mais importante é que a Bella se sinta acarinhada e amada.

Por mais difícil que esta situação possa ser, seja sempre paciente e prestável com ela. Ela agradecer-lhe-á!

Espero que esta resposta seja útil para si. Se tiveres mais alguma dúvida, não hesites em perguntar!"