Grandes Pirinéus no inverno – O que procurar?

Como lidar com problemas de comportamento e de saúde específicos da raça nos meses frios?

Pergunta do dono do cão

"Olá! Tenho um maravilhoso Great Pyrenees e este é o nosso primeiro inverno juntos. Que dicas nos pode dar para nos prepararmos para o inverno e que comportamento posso esperar do meu cão durante este período?"

Resposta do veterinário

"Caro questionador!

Os cães das montanhas dos Pirinéus viviam originalmente nos Pirinéus, entre França e Espanha, onde os meses de inverno são bastante frios. Isto significa que a raça tolera bem o frio e pode esperar que o seu cão goste de brincar na neve.

Do ponto de vista comportamental, vale a pena ter em conta que os Cães das Montanhas dos Pirinéus foram originalmente criados para guardar rebanhos, pelo que são instintivamente guardiões e muito protectores.

Este comportamento pode ser amplificado pelo seu cão durante a estação fria, uma vez que os cães de guarda estão frequentemente mais alerta e protectores durante os meses frios.

Do ponto de vista da saúde, é importante notar que, embora o pelo espesso dos cães das montanhas dos Pirinéus os proteja bem do frio, podem ser propensos a irritações cutâneas e dermatites, especialmente se o pelo ficar molhado e não secar corretamente.

Certifique-se de que o seu cão está seco antes de o deixar entrar em casa, especialmente se ele tiver estado na neve durante muito tempo!

Os cães das montanhas dos Pirinéus são cães muito grandes, pelo que necessitam de energia extra durante os meses frios.

Isto significa que terá de aumentar a alimentação do seu cão durante os meses de inverno para lhe dar a energia de que necessita. Consulte sempre o seu veterinário antes de alterar o regime alimentar.

>>  O seu cão está a sonhar? - O contexto dos sonhos dos cães

Os cães das montanhas dos Pirinéus também gostam de brincar na neve, mas é importante estar atento à condição física do seu cão.

Se ele parecer demasiado frio ou a tremer, tenha cuidado, pois podem ser sinais de hipotermia.

Embora esta raça possa tolerar bem o frio, mesmo ela corre o risco de sofrer de frio excessivo, especialmente se for muito jovem, idosa ou tiver problemas de saúde crónicos.

Durante o inverno, as patas do seu cão necessitam de cuidados especiais. O sal polvilhado nos passeios e estradas para evitar a formação de gelo pode danificar as patas dos cães e causar irritação.

Limpe sempre as patas do seu cão quando ele chega a casa depois de um passeio!

Além disso, o gelo e a neve podem acumular-se entre os dedos dos pés dos cães, o que pode causar dor. Por isso, verifique regularmente as patas do seu cão.

Para os Cães das Montanhas dos Pirinéus mais velhos, é especialmente importante estar atento a dores nas articulações durante o tempo frio.

Se notar que o seu cão se move de forma mais rígida ou tem dores visíveis, contacte imediatamente o seu veterinário.

Finalmente, tal como acontece com todas as raças de cães de grande porte, a obesidade é comum nos cães das montanhas dos Pirinéus e pode ser exacerbada por meses de inverno menos activos.

Certifique-se de que o seu cão faz exercício regularmente, mesmo quando está frio lá fora.

Espero que estas dicas o ajudem nos próximos meses de inverno.

Mais importante ainda, tenha em mente a saúde e o bem-estar do seu cão e esteja sempre preparado para procurar ajuda especializada se surgir alguma preocupação. Desejo-vos a todos um bom inverno!