Cão de Bordéus (Dogue de Bordeaux) e insolação: estratégias de prevenção e tratamento

Pergunta do dono do cão

"Olá! Tenho um Dogue de Bordeaux chamado Golias e estou preocupado com o facto de ele apanhar uma insolação durante os meses quentes de verão. Sei que esta raça é particularmente propensa a isso! Quais os sintomas a que devo estar atento e o que posso fazer se ele tiver uma insolação?"

Resposta do veterinário

"Olá! Tem toda a razão em levar a sério o risco de insolação, especialmente se tiver um cão de raça Bordeaux!

A insolação pode ser uma doença grave e potencialmente fatal, e os cães de grande porte e de focinho curto como o Golias são, infelizmente, mais susceptíveis de a sofrer.

Os sintomas de insolação incluem respiração ofegante, baba, batimento cardíaco acelerado, língua e gengivas vermelho-escuras, suores, fraqueza, tonturas, vómitos e diarreia.

Se sentir algum destes sintomas, leve o Golias imediatamente para um local fresco e tente arrefecê-lo – por exemplo, pode colocar-lhe toalhas molhadas em cima, mas nunca água gelada, pois isso pode causar choque!

É importante que consulte o veterinário imediatamente a seguir!

A prevenção é fundamental para evitar o golpe de calor.

Tente limitar a atividade física nos dias mais quentes, especialmente à tarde, quando as temperaturas são mais elevadas. Dê sempre muita água fresca e fria ao Golias e, se possível, deixe-o descansar num local fresco e à sombra.

Além disso, é importante que nunca deixe o seu cão num carro fechado, mesmo numa área com sombra ou por períodos curtos!

O interior do carro pode aquecer rapidamente, mesmo com as janelas bem abertas, o que pode causar insolação.

Se proteger corretamente o Golias da insolação, pode evitar com sucesso esta situação perigosa.

>>  Epilepsia: O tremor misterioso - Um estudo de caso de um Flat-Coated Retriever

Mas tenha sempre à mão o número de telefone do seu veterinário em caso de qualquer preocupação.

Espero que isto tenha ajudado e que o Golias tenha um verão calmo e fresco!