Cão da Serra da Estrela: prevenção e tratamento da artrite e da displasia da anca

Pergunta do dono do cão

"Olá! O meu cão da Serra da Estrela, chamado Wulffy, tem por vezes dificuldade em mover-se e mostra dores, especialmente no tempo frio. Ouvi dizer que esta raça é propensa a artrite e displasia da anca. Quais os sintomas a que devo estar atento e o que posso fazer para o ajudar?"

Resposta do veterinário

"Olá! É muito bom saber que reconheceu os possíveis sintomas e que está preocupado com a saúde do Wulffy.

Os Cães de Montanha Estrelai são, de facto, propensos à artrite e à displasia da anca, doenças que são problemas comuns em raças de cães de grande porte.

A artrite nos cães desenvolve-se lentamente e os sintomas são, por isso, difíceis de detetar. Estes incluem rigidez, restrição de movimentos, manifestações de dor durante o movimento, dificuldade em dar passos e uma diminuição da atividade normal.

A displasia da anca pode causar sintomas semelhantes e conduz frequentemente ao desenvolvimento de artrite.

Se o Wulffy apresentar estes sintomas, consulte o seu veterinário!

O médico pode diagnosticar a presença de artrite ou de displasia da anca através de radiografias, ultra-sons ou outros exames.

As opções de tratamento incluem analgésicos, anti-inflamatórios, controlo do peso e fisioterapia. Em alguns casos, pode também ser necessária uma intervenção cirúrgica.

Mas o mais importante é colaborar com o seu médico para que o Wulffy adopte uma dieta e um regime de exercício adequados.

Os cães com excesso de peso correm um maior risco de displasia da anca e artrite, pelo que é importante manter o peso do Wulffy dentro de um intervalo saudável.

O exercício regular de intensidade moderada, como passeios e jogos ligeiros, pode ajudar a fortalecer os músculos e a reduzir a rigidez.

>>  O cachorro Lurcher e o excesso de energia: psicologia e recuperação da forma física

Espero que isto tenha ajudado e que o Wulffy volte em breve a estar em grande forma!"