A raça Löwchen e a Dermatite Atópica

Pergunta do dono do cão

"Olá! A nossa cadela Löwchen, chamada Daisy, tem tido problemas de pele estranhos nos últimos meses. Começou a coçar-se excessivamente, a sua pele está vermelha e inchada, e também está a ficar careca em alguns sítios. Qual poderá ser o problema?

Resposta do veterinário

"Olá! Parece que a Daisy está provavelmente a sofrer de dermatite atópica, que é uma doença alérgica comum da pele dos cães, e a raça Löwchen é particularmente propensa a isso.

A dermatite atópica é uma inflamação crónica da pele que se desenvolve quando um cão tem uma reação demasiado sensível a determinados alergénios ambientais. Exemplos de tais alergénios são os ácaros do pó, o bolor, o pólen ou certos alimentos.

Os sintomas da doença incluem comichão, vermelhidão, inchaço, calvície e, por vezes, infecções cutâneas.

Para confirmar o diagnóstico, recomenda-se que leve a Daisy a um exame veterinário, onde o médico também pode efetuar um teste de alergia.

Se for diagnosticada dermatite atópica, o tratamento pode incluir evitar os alergénios (tanto quanto possível), tratar os sintomas com medicação e dietas especiais.

Como se trata de uma doença crónica, é provável que Daisy necessite de tratamento e cuidados a longo prazo.

A doença não pode ser curada, mas os sintomas podem ser bem geridos e, com os cuidados adequados, a Daisy pode viver uma vida plena.

É também importante que os criadores de cães e os futuros proprietários de cães Löwchen estejam cientes desta predisposição genética e tomem medidas atempadas para a evitar!

Desejo à Daisy boa sorte com o seu tratamento e espero que melhore em breve!"

>>  O cão Beagle e as pulgas: o que fazer com o problema?